CASTANHÃO CONTAMINADO

Em setembro de 2015, a pedido da Agência Pública, a Universidade Federal do Ceará realizou testes com a mostrar de água do Castanhão e comprovou que ela não estava potável. Os açudes de Patu e Pedra Branca também foram reprovados.

Acesse aqui.

  • Compartilhe: